Gnome Desktop da Coruja

Hn63Z em diversas faces!

Não é novidade para ninguém que tenho meu blog pessoal separado deste blog aqui. Também não é novidade que sou um usuário fervoroso de Debian e, nesse, da interface gráfica Gnome. Não é novidade, ainda, que gosto de criar um Desktop que chame a atenção de usuários daquele sistema lento e também dos usuários GNU/Linux (que muitas vezes até reconhecem as ferramentas que estou usando). Diante disso, desde que instalei o Debian no meu Notebook, tenho feito diversas melhorias.

Posted by Hµ63Z on

Hn63Z em diversas faces!

Não é novidade para ninguém que tenho meu blog pessoal separado deste blog aqui. Também não é novidade que sou um usuário fervoroso de Debian e, nesse, da interface gráfica Gnome. Não é novidade, ainda, que gosto de criar um Desktop que chame a atenção de usuários daquele sistema lento e também dos usuários GNU/Linux (que muitas vezes até reconhecem as ferramentas que estou usando). Diante disso, desde que instalei o Debian no meu Notebook, tenho feito diversas melhorias.

Uma das melhorias que fiz foi aumentar a capacidade do disco. 160 GB em um notebook não é pouco espaço, levando em conta que um sistema operacional (por mais gordo e lento que seja) não ocupa mais de 50GB e que normalmente é o computador móvel e, portanto, secundário. Mas no meu caso, meu notebook se tornou meu computador principal, pois meus filhos tomaram posse do Desktop de casa,e começou a ficar meio apertado para os 40GB de música e outros 200GB de filmes que mantenho em meu disco.

Não apenas aumentei a capacidade de armazenamento, mas como o disco tem uma capacidade de cache que é o dobro do anterior, também se tornou mais rápido e ágil. Ainda mais com um sistema realmente 64 bits.

Bom, daí em diante foi apenas algumas coisinhas que já usava e alguma pesquisa por imagens na Internet e meu Desktop ficou com essa cara aí em baixo. Isso mesmo, a imagem de fundo fica trocando automaticamente. Muitos podem dizer: “grande novidade, eu fazia isso nos idos anos 1990 com um script em bash muito simples…” Outros podem dizer: “No Windows basta eu selecionar uma pasta de imagens para serem meu papel de parede… facinho!” E eu posso dizer que ambos estão corretos. O dos anos 1990 bem hutz, enquanto o do sistema lento é bem prático.

O desktop que o Hn63Z utiliza

Mas o que tem de novidade aqui é que o sistema que estou usando para trocar o papel de parede é interno do GNOME, e depende de um arquivo XML simples com 5 tags, como mostrado abaixo:

<background>
  <starttime>
    <year>2011</year>
    <month>04</month>
    <day>06</day>
    <hour>21</hour>
    <minute>59</minute>
    <second>54</second>
  </starttime>

<static> <duration>595.0</duration> <file>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic01.jpg</file> </static> <transition> <duration>5.0</duration> <from>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic01.jpg</from> <to>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic02.jpg</to> </transition> <static> <duration>595.0</duration> <file>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic02.jpg</file> </static> <transition> <duration>5.0</duration> <from>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic02.jpg</from> <to>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic03.jpg</to> </transition> <static> <duration>595.0</duration> <file>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic03.jpg</file> </static> <transition> <duration>5.0</duration> <from>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic03.jpg</from> <to>/home/guaraldo/Imagens/SnowyOwl/arctic01.jpg</to> </transition> </background>

Claro que nesse GIF animado que coloquei aqui o tempo de apresentação de cada imagem foi acelerado para 3 segundos. No exemplo de arquivo de configuração acima, o tempo de cada imagem é de 10 minutos (claro, tira-se 5 segundos para colocar na transição).

Fiquei muito feliz com minha área de trabalho, espero que gostem também.


Comentários

Não existem comentários para este artigo.

Opiniões

Digite seu comentário abaixo. Os campos marcados * são necessários. Você deve visualizar o seu comentário antes de finalizar a postagem.

    



Comentários

Não existem comentários para este artigo.

Opiniões

Digite seu comentário abaixo. Os campos marcados * são necessários. Você deve visualizar o seu comentário antes de finalizar a postagem.

    




Comentários

Não existem comentários para este artigo.

Opiniões

Digite seu comentário abaixo. Os campos marcados * são necessários. Você deve visualizar o seu comentário antes de finalizar a postagem.